Dispositivos de Ancoragem em Câmaras Frias



Dispositivos de Ancoragem em Câmaras ?Frias - Hoje vamos falar um pouco da nossa experiência na elaboração e execução de projetos de linha de vida em ambientes com temperaturas abaixo de zero; recentemente um cliente solicitou nossa visita técnica em um abatedouro de frangos para desenvolvimento de um sistema que oferecesse segurança aos colaboradores quando da necessidade de subirem através dos elevadores existentes em câmara de congelamento até o alto das prateleiras para organizar caixas de embalagens de produtos que, por muitas vezes, ficam fora de lugar e existe a necessidade da intervenção humana.

Esses ambientes com temperaturas negativas que podem chegar até -40º, têm como um dos seus grandes desafios nessa atividade, além de hipotermia, o risco de queda de nível e altura, devido ser um ambiente com muito acúmulo de gelo nas superfícies.

Após uma visita de reconhecimento no local, elaboramos um projeto de linha de vida onde fixaríamos no alto da prateleira esse sistema; depois de definido o tipo de projeto a ser executado, avaliamos o tipo de material a ser empregado, pois precisaríamos de algo que resistisse ao frio, umidade e que não oxidasse com facilidade.

Depois de muita pesquisa, definimos o aço inox como nossa matéria prima de fabricação das linhas, dos troles e de todos os demais componentes como suportes, porcas e parafusos; depois de muito trabalho para instalação das linhas de vida, conseguimos obter êxito na conclusão dos trabalhos e durante o período que submetemos o sistema a testes de uso, concluímos que o projeto atenderá às expectativas no que tange à segurança do usuário, bem como à resistência dos materiais empregados, sendo que o sistema contará ainda com uma corda de material sintético de baixo acúmulo de água em sua alma, bem como optamos por adquirir cintos tipo paraquedista em Aramida com ferragens em aço inox da marca ATHENAS CINTOS, que apresentaram ótimo desempenho e resistência nesse tipo de ambiente, além de conectarmos o cinto ao trole através de mosquetões em alumínio de 25KN da mesma marca.

Não importa o tipo de ambiente, o importante é sempre pensarmos na dinâmica do desenvolvimento da atividade profissional, antes de definirmos o melhor projeto, pois para elaborarmos uma linha de vida, sempre a palavra do usuário será nosso ponto de partida para alcançarmos a eficiência dos sistemas instalados.

Para saber mais sobre dispositivos de ancoragem em câmaras frias, solicite maiores informações junto a equipe da Bergo Safety agora mesmo!


CARLOS ALBERTO G. DIAS
TST-BOMBEIRO CIVIL