Instalação de Sistemas de Ancoragem



Instalação de Sistemas de Ancoragem - A NBR16325-1-2/2014 é uma norma fundamental para alcançarmos êxito na instalação correta de um sistema de ancoragem, pois a NR35/MTE utiliza os parâmetros dessa normativa como um guia importante para o passo a passo de uma instalação.

Com o aumento constante e alarmante das mortes por acidentes gerados nas atividades em altura, fez-se necessária a adoção de medidas rigorosas no sentido de buscar meios de prevenir esses acidentes fatais; a NR35 criou parâmetros muito claros sobre esse tema e principalmente trouxe subsídios para que possamos instalar de forma segura e correta esses sistemas, podemos destacar dez pontos fundamentais:

  • Ser projetado por profissional legalmente habilitado (Engenheiro Civil ou Mecânico);
  • Ser instalado por trabalhadores capacitados (ter treinamento especifico para essa função, de preferência certificado pelo fabricante das peças);
  • Utilização de peças que comprovem individualmente suas capacidades de resistência e sejam certificadas por laboratórios credenciados;
  • O sistema deve atender a todas normas vigentes;
  • O sistema tem que ter identificação com informações claras aos colaboradores sobre suas capacidades, orientações de uso e limitações;
  • É obrigatório a inspeção anual;
  • Calcular ZLQ-Zona Livre de Queda, considerando flexão do cabo de aço (quando utilizado), Fator de Queda, Distancia de Frenagem entre outros;
  • Elaboração de DATA BOOK contendo:ART das peças, ART da instalação, projetos, memorial de cálculos, fotos das instalações, certificações das peças, dos profissionais instaladores, plano de emergência, plano sistemático de montagem e desmontagem, procedimentos operacionais e plano de manutenção;
  • Utilização dos EPI’s e EPC’s apontados na AR-Análise de Risco
  • Treinamento dos usuários.

Infelizmente muitas empresas estão realizando a instalação sistemas de ancoragem para o trabalho em altura, sem as devidas orientações de um profissional da área, trazendo maiores riscos para quem precisa trabalhar em altura, pois a falsa sensação de segurança, comprovadamente coloca em risco a vida do usuário.

Carlos Alberto G. Dias

Técnico em Segurança do Trabalho, especialista em diagnostico e elaboração de projetos para trabalho em altura.